30 setembro 2008

Foto histórica - UMBIGOU'S


Atendendo a pedidos, decidi postar essa histórica foto.

Foi tirada no dia do casamento do Paulo Durante com a Bia. Era dia 20 de janeiro de 1996.

Em pé: Adriano Mussolin, Fábio Sólia e Renato Uchida. Agachados: o noivo Paulo e Haroldo Gutierrez.

Bons amigos são para sempre!!!

29 setembro 2008

Tia Rita


A Rita Lee teve seus instrumentos roubados no mês passado. Seu equipamento voltava em um caminhão quando uma quadrilha levou tudo. Guitarras que estavam com ela havia muito tempo, algumas havia mais de 30. Olha esse trecho da entrevista que deu à Folha de SP, publicada na quinta-passada:

FOLHA - Como se sente sem ter notícias dos equipamentos roubados?

RITA - Nos primeiros dias fiquei meio abobada. Depois baixou em mim um PCC querendo fazer justiça com a próprias mãos, até que finalmente entrei numas zen e meditei sobre a prática do desapego, sobre a impermanência do universo, essas coisas espirituais. Mas como nunca fui santa eu também roguei uma praga: que os dedinhos dos ladrões entortem feito rabo de porco e não consigam tocar nos instrumentos, aqueles fihos da p....

Minha irmã Sandra e seu filho Rubens foram ao show que ela deu esse fim-de-semana em São Paulo. Adoraram!!! Ela já usou uma guitarra novinha em folha que ganhou da Hebe Camargo...


(Obrigado pela força, Zé Elias!!)

25 setembro 2008

Incoerências

Vou filosofar um pouco.

Todos temos uma 'tábua de valores', uma série de crenças, convicções, ensinamentos e regras que compõe nosso caráter. Isso vem sendo moldado desde a mais tenra idade quando, mesmo sem perceber, estamos assimilando os exemplos, comportamentos, as reações de nossos familiares, amigos, vizinhos, ídolos, etc.

Essa 'tábua' é pessoal, apesar de ser comum ver reações iguais em membros da mesma família ou comunidade. E ela também vai se modificando com o tempo, conforme vamos crescendo, amadurecendo e vivenciado experiências. No início, assimilamos sem perceber, com o passar do tempo, passamos a ter um pouco mais de controle sobre essa absorção.

Por isso, nos espantamos com atitudes de outras pessoas, que consideramos contrárias aos nossos princípios. Mas, somos totalmente coerentes com o que acreditamos? Nossas atitudes refletem exatamente o que pensamos?

A gente vê muitas pessoas dizendo que o político tal é ladrão, que desvia dinheiro, que enriquece ilicitamente. Mas, esses mesmos cidadãos não devolvem um troco que recebem a mais ou um dinheiro que acham no chão. Isto é, será que esses críticos teriam comportamento diferente se alcançassem um cargo político? Creio que não...

Eu mesmo, beirando os 45 anos, e cheio de convicções, me pego sendo incoerente de vez em quando. Primeiro, sou uma pessoa defensora das causas ecológicas e do planeta Terra. Tenho diversas atitudes no dia-a-dia favoráveis à natureza. Mas, tenho há quase 3 anos um carro movido a diesel, que é um dos combustíveis que mais poluem o ar. Outra, diversas vezes atendo o celular enquanto dirijo, mesmo sabendo dos riscos (reais e incontestáveis) que existem em pilotar e conversar no aparelho...

Mais uma, são coisas simples, comportamentos cotidianos: perto da escola do Marcelo, tem um trecho, na verdade uma quadra, de mão dupla, muito movimentado apenas em um sentido. Diversos automóveis entram na contramão para 'cortar' os carros da frente da fila e alcançar mais rápido a esquina. Eu achava um absurdo, mas não é que outro dia, açodado, me peguei fazendo a mesma coisa????


O tema é complexo. Pequenas transgressões devem ser toleradas? Ou devemos nos policiar e seguir à risca um código de conduta rígido? Acho que contanto que não haja prejuízo aos outros, há de se tolerar sim. Pensemos...


23 setembro 2008

Uma praça para os Beatles

As fotos acima dão uma boa idéia de como deve ser a praça.
A cidade de Hamburgo, na Alemanha, inaugurou a semana passada uma praça em homenagem aos Beatles. Eles tocaram lá durante cerca de 2 anos, antes de fazerem sucesso mundial. A concepção do local, chamado 'Beatles Platz' é bem curiosa. Tem o formato de um disco de vinil, com 29 metros de diâmetro, com esculturas transparentes dos 4 integrantes e uma, um pouco afastada das outras, que representa o primeiro baixista do grupo, o Stuart Sutcliffe. Ele faleceu lá, aos 21 anos, vítima de um AVC. Numa das temporadas que fizeram na cidade, ele se apaixonou pela fotógrafa Astrid e decidiu ficar por lá. Ela estava presente no dia da inauguração da praça.

17 setembro 2008

Álbum Branco Brasileiro

O cover do Paul e eu

Fui no lançamento do Álbum Branco brasileiro, na FNAC da Paulista. Esse disco dos Beatles está completando 40 anos de lançamento e o produtor Marcelo Fróes decidiu fazer uma versão somente com músicos nacionais. Têm vários que nunca ouvi falar, como Sérgio Vid, Érika Martins e Twiggy, mas tem uns medalhões, como Zé Ramalho, Cachorro Grande e Jerry Adriani. Ainda não ouvi direito o disco para poder analisar.

O evento foi meia-boca. Um tanto de fãs meio desorientados, sem muita informação, um conjunto catarinense fazendo covers e alguns músicos desconhecidos (meus) circulando. Tive a chance de rever o Guarabyra, que estava tomando umas com amigos, e de conhecer o produtor Marcelo Fróes, que tem feito trabalhos interessantes, como o lançamento das caixas de Roberto Carlos, do disco "novo" do Renato Russo, e o resgate de obras antigas de Zé Ramalho.

Mas, o grande destaque do evento, para mim, foi esse Paul cover. Até tirei uma foto com ele. Ele é muito parecido com o Paul McCartney de 69/70. E ainda se parece com ele na versão cartoon... Muito louco...

Como homenagem, coloco uma das músicas que mais gosto do Álbum Branco original (difícil de escolher, viu?), o dos Beatles:

The Beatles - Yer Blues

16 setembro 2008

Linha de Passe


Fui ver anteontem o novo trabalho de Walter Salles, desta vez dividindo a direção com Daniela Thomas. "Linha de Passe" é um bom filme, com temas brasileiros mesmo: pobreza, motoboy, futebol, etc.... Não gosto muito de algumas coisas de Salles, muitos closes e um certo exagero de sentimentalismo. A história é muito boa, trama bem construída, interpretações marcantes. A tal Sandra Corveloni, que faz a mãe de 4 meninos, manda bem mesmo. Deve ter merecido a Palma de Ouro que ela recebeu em Cannes. Digo isso, porque não assisti aos outros concorrentes... Mas, é um filme tocante, denso, valeu o ingresso.

14 setembro 2008

Novidade editorial

A capa comemorativa do 75º aniversário da revista norte-americana Esquire traz uma novidade. Uma ilustração ativa, com movimento bem no centro e o mesmo recurso é usado na página 2 numa propaganda da Ford, que patrocina a iniciativa. É a primeira vez que vejo uma revista com uma imagem ativa. Ainda é bem limitada, mas não deixa de ser uma inovação bastante curiosa. Usa-se uma espécie de tinta eletrônica (?!?!?!?). Pode representar uma nova era em termos editoriais. Uma infinita gama de possibilidades pode estar se descortinando. O casamento da revista com o vídeo... Algo como aqueles quadros dos livros e filmes do Harry Potter. Já pensou? Comprar um jornal, ler a matéria do jogo e ainda ver os gols? Não há limites....

video

É rapidinho. A reportagem dura pouco mais de 2 minutos.

Agradeço o blog do Tas pela divulgação desta notícia.

12 setembro 2008

Mão-de-obra

Coincidentemente, nesse último final de semana, três conversas ficaram martelando minha cabeça. O assunto, casual, era mão-de-obra. A primeira foi com o cunhado Gabriel. Ele está penando para conseguir alguém que trabalhe no sítio onde ele está plantando oliveiras, em Pocinhos do Rio Verde. Já há alguns meses, ele vem tentando contratar uma pessoa para auxiliá-lo, que será registrada e receberá regularmente um salário combinado. Não encontra. Alguns querem trabalhar apenas por empreita, outros por dia.
Já o fazendeiro de café, o amigo André, diz que na época da colheita, o que está salvando os plantadores de nossa região são os aposentados e aposentadas de meia-idade. Isso que ele emprega apenas pessoas que aceitem ser registradas. Mesmo assim, os problemas trabalhistas são inúmeros.
E o terceiro bate-papo foi com a empregada da minha mãe, a Silvana. Ela estava comentando que hoje em dia, as meninas não aprendem mais a fazer os serviços domésticos. Ou seja, lavar, passar, limpar, cozinhar, etc... "Elas só querem saber de cursos de informática, de inglês, de trabalhar no coméricio e de mexer em celular", diz ela.
Em suma, analisando as 3 conversas, concluo que os jovens estão buscando um futuro diferente de seus pais e avós. Estão procurando voltar seu aprendizado para áreas mais técnicas, investindo numa carreira que possa lhes render um horizonte mais amplo. Não acho errado, mas e como fica a mão-de-obra não-especializada? Quem vai suprir essa carência? As pequenas cidades e a zona rural estão ficando apenas para as pessoas acima dos 50 anos... Quem tem mais energia para trabalhar está fugindo para os centros urbanos maiores e com mais chance de futuro. Estamos passando por uma fase de mudanças nesse aspecto. Só o tempo vai dizer como vai isso vai acabar.

10 setembro 2008

Idéia original


A Air New Zealand está buscando carecas que aceitem manter uma tatuagem temporária na cabeça.
A iniciativa faz parte de uma campanha publicitária da companhia aérea neozelandesa para divulgar seus novos serviços de check-in, que prometem mais rapidez e menos filas.
Cinqüenta carecas serão selecionados. Eles devem ficar com a tatuagem por duas semanas e freqüentar os vôos da empresa nesse período.
Cada um receberá o equivalente a R$ 1.200.
"Que maneira melhor de informar nossos clientes a respeito de nossas ações sobre as filas no check-in do que colocar uma mensagem que eles possam ler enquanto esperam?", disse o gerente de marketing da empresa.
(da agência Reuters)

09 setembro 2008

Como se explica?

Coloco o link de uma matéria da Agência Brasil que traz os 90 municípios brasileiros (21 deles em Minas Gerais) cujo número de eleitores é maior do que a população. Em pleno século 21, ainda existe esse tipo de falcatrua em nosso país. E aberto, legalizado, registrado, comprovado!!!! Tudo bem que pode haver alguma cidade onde algumas pessoas mantém seu domicílio eleitoral, mas na verdade moram em outro local. Na realidade, eu sei e você também sabe que não é isso:

Leia a matéria da Agência Brasil clicando aqui

08 setembro 2008

Horário Eleitoral

Outro dia vi um pouco do horário eleitoral gratuito aqui de São Paulo e pensei em escrever um pouco sobre os candidatos engraçados (alguns intencionais, outros não) que aparecem. Um que me chamou a atenção, se chama "Zé Pilin"... Hoje, o Kibeloco fez um primeiro apanhado de imagens curiosas da campanha pelo Brasil:

Clique aqui para assistir a montagem do Kibeloco no YouTube

05 setembro 2008

Muito estranho...

Não tenho a pretensão de me enfronhar nos bastidores da política e dos lobbies de empreiteiras e do empresariado nacional. Para ser franco, procuro acompanhar o que acontece, mas a uma distância razoável para não me enojar muito. Ontem, me veio uma coisa à cabeça...
A aprovação da Lei Seca, aquela que regulamenta os índices de álcool que um motorista pode ingerir antes de dirigir, me pareceu um pouco atabalhoada. Foi posta em prática e muito comentada, pois nem a polícia nem o judiciário estavam sabendo direito como proceder na abordagem aos motoristas suspeitos. Até hoje, ainda provoca celeuma.
Ao ouvir a notícia de que as companhias de seguro não pagariam as apólices de sinistros cujos motoristas estivessem embriagados, acendeu essa lâmpada na minha cabeça. Teria sido a aprovação da Lei Seca apressada pelas próprias companhias de seguro? É sabido que nos Estados Unidos essas empresas têm um lobby muito forte no Congresso. Será que chegamos a esse ponto?
Não que eu não ache justo, afinal considero que as seguradoras não devam mesmo cobrir as despesas causadas por algum piloto embriagado. Mas, a possível pressão pela aprovação de uma lei tão polêmica é que me deixa intrigado. E também pelo fato de pensar que isso pode estar acontecendo por 'debaixo dos panos' e a opinião pública não fica sabendo.
Teoria da conspiração? Pode ser... pode ser...

04 setembro 2008

Fotos da Nike

Foto tirada enquanto eu ainda conseguia erguer os dois polegares ao mesmo tempo.


Uma banda tocava rock'n'roll para animar os atletas. Foto da Sônia Alves, do Jornal da Mantiqueira. Na verdade, ela estava lá para ver o filhão Felipe que assumiu o posto da mãe e está correndo nas horas vagas.

O "mar vermelho" paulistano.


A praça Panamericana pintada de vermelho na visão do helicóptero.


03 setembro 2008

Vírus

Outro dia peguei um vírus no computador. Deu um trabalho lascado para tirar. E ainda deixou seqüelas. É impressionante, o número de mensagens que me chegam com links para sítios suspeitos. Não entro em nenhum e mesmo assim acabei infectado. Hoje recebi dois comunicados do Tribunal Superior Eleitoral dizendo que meu título estava cancelado. "Clique aqui para regularizar". Eu, hein???? E vem da Caixa Econômica, do Bradesco, da Tim, do Submarino dizendo que meu pedido (que não fiz) já foi expedido, das Americanas e muuuuuitos outros.

Ontem, chegou um diferente, também não cliquei para conferir, mas me chamou a atenção:

"Dear Friend,
Good day and compliments, I know this letter will definitely come to you as a huge surprise, I am Capt. Brian Morgan, a US Marine, serving in the 3rd Battalion, 25th Marine Regiment which Patrols the Anbar province,Iraq.
I am desperately in need of assistance and I have summoned up courage to contact you. I am presently in Iraq and I found your contact particulars in an address journal. I am seeking your assistance to evacuate the sum of $10,570,000 (Ten million Five Hundred and Seventy Thousand USD) to the States or any safe country, as far as I can be assured that it will be safe in your care until I complete my service here.reply me so i can furnish you with more details.
Contact me via my private box: (apaguei o link suspeito) so that I can furnish you with more details.

Respectfully,

Capt. Brian Morgan
United States Marine Corps.
IRAQDear Friend"

Em suma, um capitão do Exército americano, servindo no Iraque, quer uma pessoa de um país seguro para enviar mais de 10 milhões de dólares!!! E me escolheu???? Por e-mail??? E se for verdade???? Hehehehe

02 setembro 2008

Mais uma 10K

Hang Loose: Adriano dando uma de Ronaldinho.

No último domingo participei de mais uma prova de 10k. Não tenho mais treinado como antes, mas gosto de correr essas provas. Essa, em especial, é diferente. A intenção é fazer uma corrida mundial. A Nike patrocina esse evento em 25 cidades ao redor do mundo, visando reunir 1 milhão de participantes. Em São Paulo, a idéia era juntar 25 mil pessoas. Não sei se tinha tanto, mas que era muita gente junta, era.

Uma das características dessa prova é que só pode participar quem usar a camiseta que vem com o kit, que é entregue alguns dias antes. Esse ano a camiseta era vermelha. Fica um visual bonito. A organização é impecável. Estava um frio lascado na hora da largada que aconteceu às 8 da manhã...

Encontrei com o dr. Edson e o Élton, ambos de Poços. Havíamos combinado de bater um papo antes da largada. Eles saíram de PC às 3 horas da madrugada!!!! Isso que é vontade. Durante a corrida, sim, uma coincidência. No meio de toda aquela gente que fica assistindo, vi o Vicente do Jornal da Mantiqueira. Não pude conversar com ele, mas imagino que ele estivesse esperando a passagem da Sônia, sua esposa, corredora voraz.

Ao final, houve um show que reuniu o Seu Jorge e o Wilson Sideral. Não esperei para ver. Estava cansadão e queria voltar logo para casa, tomar um banho e começar a recuperação... Ah sim, completei a prova em 59 minutos e 06 segundos...