30 junho 2008

Clipe de primeira

Zapeando ontem vi um clipe muito interessante na MTV. A música é "All I Need" do Radiohead. Faz parte de uma campanha contra o trabalho infantil. Gostei muito. É esse tipo de mensagem que acho que poderia ser melhor explorada pelos meios de comunicação.

video

27 junho 2008

Pensamento


"O verdadeiro segredo da felicidade está em exigirmos muito de nós e pouco dos outros."



René Guenon - escritor e filósofo francês (1886-1951)

26 junho 2008

Ruth Cardoso


Mesmo sendo um americanismo, conforme ela mesma dizia, toda esposa de presidente é chamada de primeira-dama. Dona Ruth foi a mais ativa das que vi na minha vida. Além de formação intelectual e educacional, ela teve, durante o mandato de seu marido, Fernando Henrique, uma participação ativa em projetos sociais e culturais. Eu sempre admirei o jeito dela: discreto, sóbrio, sem afetação.

Não podemos cobrar de dona Mariza Letícia o mesmo envolvimento. É uma outra formação. Ela passou por muitas privações durante sua vida, não teve as mesmas oportunidades e é natural que não tenha o mesmo tipo de participação que dona Ruth. Mas, pelo menos um pouco de vida pública útil ela poderia mostrar. Fazer umas visitas a instituições, procurar levantar uns fundos com alguns empresários, sei lá... Mostrar alguma serventia para a população. Até a Rosane Collor fazia...

25 junho 2008

Na Natureza Selvagem


Os critérios que fazem um bom filme variam de pessoa para pessoa. Para mim, o filme tem que ter uma história boa ou mexer comigo de alguma forma. Esse "Na Natureza Selvagem" tem os 2 critérios. Baseado num livro, conta a história real de um jovem instruído, que estudou numa das melhores universidades americanas que larga tudo e sai sozinho on the road para viver mais em contato com a natureza. Tendo como objetivo final o Alasca. Ele se cansa da mesquinhez e da ganância de todos, sejam amigos, familiares, colegas....

O que mais me atraiu foi a forma mostrada da importância de se ter equilíbrio na vida. Independente da vontade dele de se isolar de todos, o filme retrata a necessidade de se relacionar que o ser humano tem. Esse ponto foi o que mais me tocou. Creio que todo mundo tem um pouco dessa vontade de largar tudo e cair na estrada, só vivendo aventuras diferentes a cada minuto. Mas, há de se ter também um ponto seguro, firme, estável, que pode ser sua casa, ou a casa dos pais, ou sua comunidade. Todos extremos são inseguros. É uma eterna busca pelo equilíbrio... Essa é a palavra: EQUILÍBRIO.

24 junho 2008

O velho truque do....

Fui ver o filme "Agente 86". Esse sim, eu era fã. Assisti muito o seriado quando era jovenzito. E valeu a pena. Filme respeitoso. Preservou o charme do antigo seriado, tanto no roteiro, como na escolha dos atores, visual comportado, etc... Tem tudo lá em doses bem palatáveis: os agentes, a Kaos, o Controle, as tiradas, o sapatofone, o cone do silêncio, etc.

O Steve Carrell (à esq.) está um ótimo Maxwell Smart, no nível do Don Adams original (à dir.). O chefe do Controle, a 99, os outros agentes, também estão bem. Um novo arranjo da música-tema preserva o clima de filme de ação.
Não tenho certeza se os jovens de hoje vão sentir o mesmo que eu senti. Muito provavelmente, não. Há uma certa memória afetiva que me faz analisar o filme de forma positiva. Mas, a reação do público que lotou a sala do cinema me pareceu muito positiva. A maior parte composta de pais, na minha faixa etária, com seu filhos. Todos pareciam contentes e comentando as cenas mais engraçadas do filme. Ótima forma de passar umas horinhas....

22 junho 2008

No táxi

Entrei no táxi, o motorista já puxou conversa:
— Hoje tá menos frio que ontem, né?
Eu disse:
— Sim, diminuiu um pouco mesmo.
Ele emendou:
— Ontem fui pra Poços de Caldas e lá tava até quente.
Eu fiquei surpreso:
— Você foi pra Poços? Eu sou de lá! Foi passear?
— Não, eu vou pra lá de 15 em 15 dias levar o administrador do shopping Minassul. Ele mora aqui na rua Nebraska (a mesma que eu moro). Vou e volto no mesmo dia.
Mas, que coincidência... Pego um táxi na rua e o motorista vai sempre pra minha terrinha...
— Ouvi dizer que o shopping de lá não tá muito bem das pernas, né?
Ele fez cara de assustado:
— Nããão... o seu Élson disse que a C&A vai montar uma loja lá e que a Marisa também tá quase fechando...
Não me fiz de rogado:
— Eu ouço falar que muitas lojas estão fechando, que o que tá durando mesmo lá são as lojas da praça de alimentação e os cinemas. Até as Casas Bahia saíram de lá e foram para o centro.
Com muita certeza e segurança ele retrucou:
— O seu Élson disse que tá melhorando muito e que com a C&A o movimento vai melhorar mais ainda...
— Espero que sim... Seria bom pra cidade tirar um pouco do movimento de comércio do centro.
Pelo jeito, ele está gostando muito de ir pra Poços duas vezes por mês:
— Ô terra pra ter mulher bonita, hein??? Vixe.... A gente vai praquela praça do centro e fica louco....
E a conversa se estendeu. Ele ainda me contou que é de Diamantina, vai uma vez por ano pra lá. Quase mil quilômetros de viagem. Tem uma namorada lá que vem de vez em quando para São Paulo. Mas, que no ano que vem vai trazê-la para morar aqui. Que se não precisasse trabalhar voltaria a morar lá.
Aliás, essa afirmação é corrente nos trabalhadores aqui de São Paulo. Eles gostam daqui porque têm emprego e são bem remunerados. Mas, se pudessem voltariam para suas cidades de origem. Sentem falta da família e dos amigos antigos. E isso não é diferente com as pessoas que vão trabalhar no exterior. E assim vai...

21 junho 2008

Estilingão


Essa semana li que colocaram o apelido de "estilingão" na recém-inaugurada ponte estaiada Octávio Frias Filho. O pessoal não perde tempo mesmo. E até que faz sentido....

20 junho 2008

Pensamento

"Não possuir algumas das coisas que desejamos é parte indispensável da felicidade."

Bertrand Russell
Matemático e filósofo britânico
1872-1970

19 junho 2008

Revista Língua

Matéria publicada na revista Língua Portuguesa, da Editora Segmento, em maio passado. Muito bem redigida por Josué Machado, aborda as Palavras Cruzadas e cita várias vezes a revista "A Recreativa".


Cita Poços de Caldas também...

18 junho 2008

Grande Jamari!!!

Tirei esse texto do Blog do Jamari França. Ele é um jornalista especializado em música que gosto muito. Seu blog é sempre bem informativo: http://oglobo.globo.com/blogs/jamari/ . Chama-se "Jam Sessions", nome bem sugestivo.

"Cinco das 20 músicas mais tocadas no Rio são de funk, ausente das rádios paulistas. Graças aos czares do gênero, temos o privilégio de ouvir veiculadas no Rio obras primas como "Aquecimento das danadas" com Jonathan Costa e "Quero beijar a noite inteira" com Gaiola das Popozudas. Rádio é cultura, ki beleza. Entre as gringas no Rio salva-se apenas “Viva la vida” com o Coldplay, um verdadeiro diamante de mil quilates se comparado a James Blunt, Mariah Carey, Leona Lewis, Britney Spears. Fala sério.
São Paulo sofre de outras pragas, entre elas Alexandre Pires, Grupo Sorriso Maroto, Leonardo e Bruno Marrone. Na parada dos mais vendidos da revista Sucesso CD, as coletâneas caça níqueis que as gravadoras lançam para fazer caixa ocupam 14 posições, com o "Perfil" de Ivete Sangalo em terceiro lugar, uma cantora que até agora parece à prova de exaustão porque canta até em enterro de indigente se for convidada. Coletâneas de Gonzaguinha, Richard Clayderman (argh), Djavan, Benito de Paula, Márcio Greyk, Clara Nunes, Shit-ãozinho e Shit-toró estão na parada. Material antigo que contrasta com os discos recentes de carreira, estes mais caros que estas coletâneas, vendidas muitas vezes a menos de 10 reais. Se baixa o preço, o consumidor compra o produto oficial.
Um e-mail da Universal Music faz uma terrível ameaça: Sai dia 27 o CDVD de Cláudia Leitte gravado em Copacabana diante de 700 mil fãs. Tá, Vox populi vox dei, mas é outra artista a serviço do emburrecimento das massas. E essa carreira solo dela é o maior caô. Claudia é dona do Babado Novo que pode continuar com outro cantor ou continuar a acompanhá-la. E o repertório é exatamente o mesmo. Mudou para ficar no mesmo lugar. O “Multishow ao vivo Ivete Sangalo no Maracanã" ainda está em oitavo lugar na parada com mais de 400 mil cópias vendidas do CD e mais de 200 mil DVDs. Será que este povo todo vai prestigiar também Dona Cláudia Leitte? Com o rolo compressor de divulgação que vem aí é bem capaz.
As elites brasileiras nunca se preocuparam em educar as massas, uma política presente até os dias atuais. Povo ignorante é povo submisso e a música que toca nas rádios é um poderoso instrumento desta ideologia."

12 junho 2008

Coisas de São Paulo

Uma coisa que me chama a atenção em São Paulo é o tanto de gente que torce contra. Talvez, pela proximidade e pela quantidade dos prédios. Ontem, durante o jogo do Corinthians pude constatar mais uma vez.
Para mim, é apenas mais um jogo. Como não é do meu time, nem assisto direito. Na hora que começou a partida, estava ajeitando o Marcelo para ele dormir. Em seguida, fui tomar banho, nem havia ligado a televisão. De repente, ouvi um alarido enorme, gritos de gol vindo de todos os lados. Pensei comigo: o Corinthians abriu o placar. Ledo engano, logo em seguida, muitos desses torcedores do contra, começaram a gritar xingamentos impublicáveis contra o time do Parque São Jorge.
E, pouco tempo depois, tudo de novo. Mais gritaria e xingamentos. Até entendo que as pessoas tenham antipatia por um time, mas torcer contra a ponto de se exaltar, comemorando os gols e enfiando a cara pela janela para xingar é demais... Isso aconteceu outras vezes, só que contra o São Paulo. Tem gente que não torce somente para seu time, torce pelo insucesso dos outros. Isso dá um bom tratado psicológico sobre comportamento humano.

10 junho 2008

Bom humor


Essa inscrição se encontra à beira da avenida dos Bandeirantes, nos muros do Aeroporto de Congonhas, na área que abriga as estações de eletricidade do local. Meio nonsense, mas interessante...

09 junho 2008

Parque do Povo

Do parque pode-se ver, ao fundo, o famoso prédio do TCU, que fez o Lalau encher os bolsos. Em breve, vai se tornar mais um luxuoso shopping.

A Prefeitura de São Paulo está para entregar mais uma área de lazer para a população. É o Parque do Povo, que fica numa área próxima ao começo da avenida Cidade Jardim, bem na 'esquina' com a Marginal do Pinheiros. É uma área bem grande em que havia algumas construções ilegais, habitada por moradores de rua, usada como lixão e depósito de entulhos.

Eu e o Marcelo fomos dar uma volta lá pra ver como está. A gente sempre via esse terreno meio abandonado quando ia para as sessões de hidroterapia. Ainda faltam os 'finalmente', como diria Odorico Paraguaçu, mas já está com uma aparência bem melhor. Há um campo de futebol gramado, três quadras poliesportivas, bastante áreas para caminhadas, uma enorme construção com banheiros, lanchonete e, me parece, um pequeno anfiteatro.
Marcelo observa a estátua de um apressado paulistano

06 junho 2008

Uma reverência ao Zé Bonitinho


O personagem Zé Bonitinho é um dos meus preferidos. As piadas são quase sempre as mesmas, mas eu sempre dou risada. E isso vem da minha infância. Há muitos anos que ele existe, nem sei quantos, acho até que mais de 40. Há uns anos vi um documentário feito sobre seu autor, Jorge Loredo. O cara é advogado atuante, especializado em Previdência Social e Direito do Trabalho. Ele tem 83 anos!!! Isso mesmo, nasceu em 1925.

Suas roupas, trejeitos, acessórios, músicas, frases de efeito são muito marcantes: "Câmeras close, microfones please", "I go até aí", "If I had a thousand of women...", "O perigote das mulheres", "Garotas do meu Brasil varonil, um tostão da minha voz", "Vou partir para alhures, algures".

A composição do personagem é brilhante e vem acompanhando o envelhecimento de Loredo. O charme e o jeito sedutor continuam o mesmo. Seu quadro nos últimos tempos vem sendo exibido pelo SBT no programa "A Praça é Nossa".

Como ele mesmo diz: Thank you boy!

05 junho 2008

Isenção de impostos para portadores de deficiência

Matéria publicada no site www.icarros.com.br (ligado ao Itaú) sobre isenção de impostos para compra de carros por pessoas portadoras de deficiência. A autora da reportagem é prima da Adriana. O nome deste modesto escriba é citado:

http://www.icarros.com.br/icarros/noticias/icarros/noticias/Reportagens/Compra-com-isencao-pode-levar-mais-de-seis-meses/4337.html/

03 junho 2008

Maratona

Já que não deu para participar, fui ver a largada da Maratona de São Paulo. Apesar da chuva, até que tinha bastante gente. O grande atrativo da corrida foi a largada passando pela belíssima ponte estaiada. É uma festa, pois além da Maratona, havia corrida de 5 e 10 quilômetros e uma simples caminhada. Isso significa que tinha gente de todas as idades e preparos físicos participando.

O contraste entre a grandiosidade da ponte e a desolação da favela que fica bem ao lado é evidente.

01 junho 2008

Shopping Cidade Jardim

Estava um frio lascado nos corredores do shopping

Fomos no sábado conhecer o Shopping Cidade Jardim, mesmo dia de sua abertura ao público comum. É o primeiro shopping para o público AAA do Brasil, isto é, um 'luxo só'. Mas, ainda não tá lá essas coisas. Muita confusão para entrar, os estacionamentos ainda não estão totalmente disponíveis. Algumas lojas ainda não estão abertas. Vê-se que ainda faltam alguns detalhes de limpeza também.

De fato, é muito bonito. Não é grandão... daqueles que a gente até se perde. São dois andares de lojas, chiques e espaçosas, um terceiro andar com algumas lojas menores e uma super academia Reebok. Entramos para conhecê-la e é realmente impressionante. Com todos equipamentos novinhos em folha, piscina de 6 raias de 25 metros e tudo que uma boa academia tem que ter. Nesse andar tem uma área externa ajardinada bem bacana. O último andar é de um Spa. Esse não fomos ver.

Achei estranho o fato de estar um frio lascado lá. Um ventinho gelado entrava não dei de onde. Deve ser do vão central aberto. Lá não tem praça de alimentação. Apenas alguns cafés e um restaurante, Nonno Ruggero. Creio que essa decisão já seja para espantar as pessoas comuns, que vão apenas passear em um shopping.

Em suma, ainda falta terminar, mas vai ser um ótimo lugar para passear e ver coisas bonitas. Não creio que seja possível fazer umas comprinhas por lá.